Você conhece Paulo Freire?

Paulo Freire en centroderecursosnormal1

Paulo Freire foi/é um pernambucano que escreveu e falou muito de educação. Não só falou e escreveu como também fez pela educação. Ele pensou a educação de uma forma que vai contra esse sistema industrial de educação. Mas acontece que poucas pessoas conhecem Freire e suas obras. E a gente sabe o quanto falam da importância da educação e o quanto que não fazem pela importância da educação.

Então… nas minhas pesquisas e andanças pela rede encontrei um conjunto de vídeos sobre a obra Pedagogia da Autonomia do Paulo Freire. Para mim é como se fosse um curso bem detalhado sobre sua obra, com roteiro, direção e apresentação do prof. André Azevedo da Fonseca.

O projeto Pedagogia da Autonomia, de Paulo Freire, consiste na produção de um conjunto de 30 vídeos a serem veiculados semanalmente, de forma aberta e gratuita, no YouTube. O objetivo é apresentar os conceitos fundamentais do livro “Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa”, de Paulo Freire, a partir de uma linguagem acessível a estudantes, professores e a todas as pessoas interessadas em educação.
Projeto realizado com financiamento coletivo através do Catarse https://www.catarse.me/pt/paulofreire

Vamos aproveitar! Pega o livro, leia o livro e vai assistindo ao projeto. Temos muito a aprender com as ideias do Freire. Não vou falar muito dele não pra vocês buscarem conhecê-lo. Não é só a galera que é da área da Educação que deveria conhecer o cara. Mas todos que sabem da importância de se falar/escrever/refletir/debater sobre educação!

Ha, aqui o Facebook do projeto.

Falouuu! 🙂

Anúncios

Internet na Escola

11825091_105666929782738_6488611597842740047_n  11873700_117522075263890_7540504173141752544_n11855705_110895352593229_273835096341391886_n

Eu quase sempre (olha o paradoxo) passo horas na internet. As vezes vendo coisas que podem ser consideradas fúteis (como qualquer outro ser humano), mas muitas vezes pesquisando, procurando temas relacionados à Educação, principalmente em relação à engajamento e educação inovadora. A internet é uma ferramenta que revolucionou a forma de aprender e de passar conhecimentos, por meio da comunicação e barreiras que podem ser rompidas.

Apesar de nem sempre ela ser usada de maneira coerente por algumas pessoas, é uma ferramenta que também pode ser usada para revolucionar a forma de se ensinar nas escolas. Concordo que as escolas devem sim ter uma internet de qualidade. Estudei em escolas públicas a minha vida inteira e sei como alguns recursos são difíceis de chegar nas escolas devido à burocracia e muitas vezes quando chegam não são utilizados ou são utilizados somente na parte de gestão da escola. Ou seja os alunos não tem acesso. Devido ao problema de mal uso dessa ferramenta pelos alunos, mal uso que ao invés de melhorar os resultados do ensino-aprendizagem fazem piorar.

Acredito que para essa ferramenta ser mais utilizada em sala de aula, primeiro deve-se educar os alunos para seu uso, entender sobre o que é bacana e o que não é bacana de se fazer unindo ética, política e consciência, para que essa ferramenta possa ser usada de uso coerente e com bom senso pelos educandos.

Nessas minhas pesquisas de assuntos relacionados à Educação, encontrei o projeto Internet na Escola, uma mobilização em prol do acesso à uma internet de qualidade dentro das escolas. Você pode mandar um e-mail para a presidente Dilma para que as escolas recebam melhorias na internet, como objetivo 10 MEGA até 2016.

POR QUE A FALTA DE CONECTIVIDADE NAS ESCOLAS É UM PROBLEMA URGENTE?

Em um mundo cada vez mais conectado, é urgente que as escolas públicas brasileiras tenham acesso rápido à internet. O programa Banda Larga nas Escolas determina uma conexão de 2 MEGA, mas isso é muito pouco e muitas vezes não chega até as salas de aula ou aos laboratórios de informática.

Já há muitos conteúdos educativos incríveis e gratuitos disponíveis na internet. Mas, sem acesso à rede nas escolas, alunos e professores não conseguem acessar todo esse material.

Além de democratizar o conhecimento, a internet na escola pode ser o catalisador de uma educação de qualidade em grande escala no país. Com isso, todo mundo ganha: alunos, escolas e toda a sociedade.

A mobilização é uma realização do Instituto InspirareNossas cidadesInstituto de Tecnologia e Sociedade do Rio e Fundação Lemann.

Para curtir Internet na Escola! Participe do Engajamento, é muito importante, mesmo que nem todos resultados sejam alcançados o importante é tomarmos consciência de que nós podemos transformar e sermos protagonistas da nossa sociedade. Até mais!

Precisamos falar sobre educação

O tema educação é bastante atrativo quando falamos de política e envolve grandes críticas. Porém, já não parece tão atrativo como música, cinema, gastronomia e moda, para um blog. Acontece que a educação é um grande universo, que envolve uma série de assuntos, como os citados acima. Você pode pensar em tudo. Além de que a educação é uma área de estudo acadêmica, dentro da pedagogia* e de outras licenciaturas.

A educação não vai deixar de ser importante e sempre será discutida, através de diversos olhares. Dentro do senso comum ou não, as discussões que a envolve serão relevantes. Podemos falar de educação não-formal, formal e informal. Podemos falar de museu, casa e escola. Podemos falar de experiência, ideia e conhecimento. De escola pública, particular e projetos. Não deixa de ser educação. É educação. É ação. Éduc(ação)!

*Aqui no Brasil, é o curso que marca uma série de estudos acerca da educação e ensino, um curso que sofre imensos preconceitos, seja por sua feminização, “infantilização” (podemos assim dizer?) e outro fator que é a docência. Mais adiante escreverei sobre os MITOS e VERDADES desse curso tão incompreendido por algumas pessoas.

Aula de capoeira em uma escola Waldorf em Recife.
Aula de Capoeira em uma escola Waldorf em Recife.